Posted on

Por que o café Supremo Arábica é a melhor opção para os seus clientes

Café Supremo Arábica

Quando não se tem segurança da escolha do melhor produto a servir a gente conta com o auxílio de especialistas. Exatamente por isso que os cafés Supremo Arábica estão sendo cada vez mais procurados.

No ponto de venda, quando o consumidor nos pede um cafezinho, a primeira xícara que vem à mente é a de um líquido aromático, preto e quente. No entanto, essa pode não ser a melhor opção para o seu cliente.

Antes que comecem as indagações, a explicação é simples: cafés de torra clara ou média, como os cafés Supremo Arábica, oferecem melhor sabor e aproveitamento das propriedades do grão.

Embora no ponto de vista cultural das pessoas a crítica surja logo: “Isso parece chafé”.

Pode até parecer, mas não é. Essa confusão tem uma explicação mercadológica e cultural, a qual os produtores e vendedores de cafés especiais estão desconstruindo de grão em grão.

Cafés gourmet são mais claros

As ofertas de café Supremo Arábica são de blends selecionados e de torra média. Isso, na xícara do cliente, corresponde a um sabor diferenciado, aromático e de visual mais claro e translúcido. Qualificações que só os cafés especiais apresentam.

As torras que variam entre claras e médias têm a intenção de preservar as propriedades do café. A moagem, quando feita instantes antes de coar, promove um perfume encantador assim que a água quente perpassa pelo pó, resultando na magia da bebida secular.

Os benefícios aromáticos, gustativos e visuais ficam preservados, bem como as características benéficas para a saúde. Como as de estimulante natural, antioxidante e anti-inflamatório.

Na dúvida, compare. Prove você mesmo uma xícara de café de torra clara e note a suavidade do sabor, aquele adocicado natural e o prazer ao ser consumido. Mesmo o café morno ainda é saboroso. Depois, faça esse mesmo teste com um café tradicional de mercado.

A presença de baristas na preparação adequada e na explicação quanto aos seus benefícios é importante para o seu negócio. Por isso, invista na formação e qualificação dos funcionários ou prestadores de serviço, é um diferencial positivo em relação aos seus concorrentes.

Os nossos representantes e equipe técnica estão aptos a informar sua equipe da melhor forma possível quanto aos cafés Supremo Arábica e seu processo – do plantio à xícara. Sinta-se à vontade para tirar todas as dúvidas. Teremos prazer em esclarecê-las.

Blends da Supremo Arábica

Entre os tipos de grãos de café disponíveis no mercado nós comercializamos o “Arábica”. O que, aliás, deu nome à nossa empresa. Porém, entre as suas variedades, optamos em elaborar os seguintes blends:

– Clássico:

De torra: média para escura. Apresenta na xícara o visual escuro, próximo ao tradicional, mas sem perder as qualidades de um café diferenciado.

– Gourmet:

De torra: média. Apresenta na xícara uma coloração diferenciada, ainda que encorpada, mantendo um sabor intenso e as propriedades que se espera de um café gourmet.

Já a variação do Café Premium realmente merece destaque:

– Especial Bourbon Amarelo

De torra: média. Original da região Mogiana Mineira. É um café encorpado, de doçura superior ao comparado com outros cafés gourmet, com sabor suave de caramelo e amêndoas. Retrogosto suave.

Café especial é café!

Quando, nas embalagens e descrições dos produtos está escrito “corpo médio”, o consumidor pode compreender: café claro. Ou “chafé”. Mas, isso está longe de significar café ruim. Pelo contrário! Quanto mais clara a bebida, mais propriedades naturais estarão na xícara, dispensando, sem dúvida, o açúcar.

Aliás, café de verdade não se toma adoçado. Ponto. Pois o açúcar ou adoçante mascaram o verdadeiro sabor da bebida.

As descrições técnicas contidas nas embalagens dos cafés especiais são nuances detectadas por especialistas. O consumidor tradicional não vai sentir essas variações de imediato. Já os apaixonados por café, por outro lado… No final das xícaras, o bacana é se permitir conhecer e descobrir o que mais lhe agrada.

Vale reforçar que não é “chafé”. É café claro, apenas. Para sentir o verdadeiro sabor, prove sem açúcar, combinado?

Leia mais: Proporcionando sabor e uma experiência única aos clientes.

E o mito da torra escura?

Como já conversamos em outros artigos aqui do blog, o café é considerado o grão de ouro no Brasil. Desde a primeira muda seu objetivo de cultivo foi financeiro e destinado ao mercado exterior.

Assim, por muitos e muitos anos quase que a totalidade dos cafés especiais brasileiros era exportada, ficando para o consumo interno aqueles de qualidade inferior. E como tornar homogênea a mistura de grãos verdes, maduros e outros grãos não aprovados? Por meio da torra escura. Ou conforme os especialistas explicam tratar daquele que passou do ponto, carbonizou.

Para tornar o consumo mais acessível e palatável, agregou-se também a moagem prévia. É esse o perfil do café tradicional disponível nos supermercados desde então. O resultado é uma bebida de cor densa, textura encorpada e retrogosto marcante.

O que houve é que os produtores de café não poderiam simplesmente descartar o restante da produção não exportada. Então, criou-se o mito de que café bom é aquele bem forte, marcante. Vendendo por um preço acessível o que seria descarte em outras circunstâncias. Resultando para o mercado consumidor interno uma cultura pejorativa.

Como os grãos já enegrecidos evocam um amargor na boca, é difícil distinguir no paladar os desequilíbrios. Some ainda colheradas de açúcar. Por isso que popularmente há quem chame o café tradicional de “graxa”.

E o lado negativo para a saúde é que cafeína em excesso faz mal para o organismo, provocando dores de estômago ou batimentos acelerados do coração. Também é desaconselhável o consumo exagerado para gestantes, pois irá hiperestimular o bebê, podendo induzir ao parto prematuro.

O cafezinho do seu cliente

Por isso que ao servir ao seu cliente um café Supremo Arábica você tem certeza da qualidade do produto. Nosso trabalho é oferecer 100% café de qualidade. Indicamos, inclusive, o consumo do produto em grãos para melhor aproveitamento das propriedades do café.

Embora nem todos os clientes saibam, mas quase sua totalidade prefere, é a opção do coado. Coloque isso em destaque na sua cafeteria: “Coado na hora”. Pois essa opção irá atrair clientes e fazer com que fiquem mais tempo no seu estabelecimento. Uma oportunidade de aumentar o ticket médio do consumidor com outros produtos que você comercializar, como salgados ou doces.