Posted on Deixe um comentário

Café de máquina x Café de cápsula

Se você ainda não comprou a sua máquina de café, é provável que tenha dúvidas sobre qual é a melhor opção: café de máquina ou em cápsula? Fizemos uma pesquisa para te ajudar nessa escolha.

Antigamente, havia poucas opções de blends de café, é verdade. Hoje é possível degustar, em praticamente qualquer lugar, um café especial. Desde lanchonetes a restaurantes sofisticados, do salão de beleza à oficina mecânica, e até mesmo em casa. Assim, quando for comprar uma cafeteira, o que é melhor: café de máquina ou café de cápsula?

Bem, para responder a essa pergunta, vale uma avaliação pessoal. Com as opções de blends e formas de consumir o produto, que vai desde a moagem do café na hora até o pó solúvel, verifique o que é mais adequado para o seu dia a dia.

Questão de tempo

De fato, o café em cápsula costuma ser preparado mais rápido. Aliás, você sabe como é o processo de preparo desse tipo de cafeteira? Nós fomos investigar e, de acordo com a Revista Super Interessante, funciona assim:

– Primeiro, a água que fica no reservatório passa por um processo de superaquecimento no bloco térmico. Através do vapor, o calor aciona a agulha que fura a cápsula.

– Em seguida, a quantidade de água que irá coar o café para a preparação da sua bebida seguirá o tanto que você escolheu ao acionar o botão: café curto, médio ou longo.

– Por último, a pressão da água quente é o suficiente para formar um jato e extrair da bebida a crema natural do café.

E pronto, a sua bebida pode ser servida. Dentro da cápsula, o café já vem torrado e moído, envolvido por um filtro. É por isso que, ao furar a embalagem, o pó do café não sai na bebida e nem contamina a agulha o suficiente para interferir no gosto da próxima bebida a ser preparada. Porém, o uso de cápsulas tem gerado algumas discussões.

Afinal, cuidar do meio ambiente é importante


De acordo com a matéria, são geradas 7 mil toneladas de lixo por ano só por conta das cápsulas de café. Ainda que algumas pessoas tenham consciência e façam o descarte correto da embalagem, ou até mesmo as transforme em potinhos de sementes, está longe de ser o suficiente para evitar o estrago.

Desta forma, há pessoas que estão investindo em cápsulas reutilizáveis. O que é bem interessante, afinal a cápsula em si não será descartada, apenas o pó do café utilizado. Porém, o preparo rápido deixa de ser uma vantagem nesse caso.

Café de máquina também é rápido

Aliás, a preparação do café de máquina nem é assim tão demorado, falemos a verdade. Cada dia há novas máquinas, que são tão ágeis quanto às de cápsulas. Em especial aquelas com moedores de grãos embutidos. Uma vez que o processo é integrado, pode-se afirmar que o tempo é mínimo!

Leia também: Shake de café

No entanto, se a sua preferência não passa pela escolha dos grãos, deixando isso por conta dos baristas ou fornecedores de cafés especiais, não tem problemas. Afinal, esse é o serviço deles. Ou até mesmo uma diversão para os coffee lovers que gostam de aprontar em casa, como por exemplo, misturando blends e fazendo experiências com especiarias. O que não é possível em cafeteira de cápsula, não é mesmo?

Higiene da máquina

Com efeito, é importante falarmos da higiene do equipamento. Tanto porque é um produto alimentício, como também um produto pode contaminar o outro em sabor, cor e outros derivados se os utensílios não estiverem limpos adequadamente.

Os fabricantes das cafeteiras de cápsulas afirmam que não é preciso usar constantemente o acessório de limpeza, já que o produto em si tem um percurso restrito. No entanto, quem já tomou chá vindo de uma máquina dessas sabe perfeitamente que não é bem assim.

Já o café de máquina, não corre esse risco de contaminação. Quando a máquina tem o moedor do grão acoplado, não haverá mistura de blend até seu término. Mas, se for uma máquina que usa café em pó, (tipo profissional) dessa que encontramos em cafeterias, saiba que a cada xícara uma nova compactação é feita, de forma que é necessária a limpeza do utensílio um a um, sempre.

E o custo x benefício?

Por mais que tenha se tentado baratear o valor das cápsulas, ainda não é um produto literalmente muito acessível. Na ponta do lápis, o tradicional café em pó sai ganhando. Mas, em segundo lugar está o café em pó especial.

Abra os olhos quando há promoções. Afinal, os fabricantes sempre saem ganhando. Sempre. Então, por mais sedutores que sejam os anúncios de compre “x” cápsulas e ganhe uma máquina, não é bem assim. Vai ser vantajoso para o consumidor na primeira compra, mas, e depois?

Para facilitar esse depois, fizemos as contas para você:

– Cada cápsula custa em média R$ 2,20;

– A cada cafezinho que você tomar em casa, você estará gastando esse valor, ou seja, se você tomar uns 5 cafezinhos ao longo de um único dia, você gastou R$11,00;

– Em um mês, você gastou R$ 330,00 só em café / cápsulas, consumido em casa.

Porém, também fizemos as contas para quem investir nos cafés de máquina:

– Cada dose de café consome 07 gramas e custa em média R$ 0,35 (grãos moídos na hora);

– Ou seja, se você tomar 5 cafezinhos ao longo do dia, você gastou R$ 1,75;

– Em um mês de 30 dias, você gastou R$ 52,50.

Além do seu bolso não ter sido prejudicado, o meio ambiente também não recebeu o descarte de cápsulas e o seu jardim ainda ganhou adubo.

E tem o principal, você não fica “preso” à cápsula do fabricante do equipamento.

Aliás, café como adubo:

Ainda é bacana dizer que café faz bem para a terra. Assim, se você tiver jardim ou horta em casa ou no seu estabelecimento, utilize a borra do café como adubo. Sim! Seja o restinho do café da cápsula, do coador ou do café de máquina, o pó do nosso líquido precioso é rico em nitrogênio, um nutriente essencial para as plantas.

Porém, é bom que seja usado com parcimônia. Afinal, tudo o que é demais prejudica. Especialistas dizem que a melhor forma de usar o café como adubo é misturá-lo numa composteira, evitando que o café crie uma camada na superfície da terra do vaso, bloqueando a germinação de sementes, a absorção de água e a circulação de ar sobre a terra.

Mas, como somos pessoas criativas e a favor de um mundo mais verde, sabemos que há muitas praças e jardins que, durante as nossas caminhadas, adorariam receber o incentivo de um adubo natural, não é mesmo?

Se você gostou desse conteúdo compartilhe! E se tiver outras dúvidas quanto ao universo do café, entre em contato conosco.

Deixe uma resposta