Posted on

Como ter mais disposição durante o trabalho?

Como ter mais disposição

Com a vida atribulada que levamos, é normal uma hora precisarmos de um pouco de descanso. Mas enquanto a rotina não permite, como ter mais disposição? Ainda mais no trabalho e nos estudos, onde o nosso esforço mental é maior.

Pois é, dúvida cruel. Ninguém questiona que uma boa noite de sono, certa rotina de exercícios físicos e aquela pausa para o cafezinho são essenciais para a nossa produtividade diária. Mas e quando esses hábitos não bastam?

Primeiro, é importante mapear onde está a vazão da sua energia. Normalmente atribuída ao cansaço mental, má alimentação e cuidados insuficientes com a saúde. Por isso, que é bom ter um acompanhamento médico se você quer descobrir como ter mais disposição.

Cuidar da saúde é importante

A constante indisposição ou falta de energia, podem ser sintomas de alguma questão física ou psicológica, como fome oculta, depressão ou síndrome da fadiga crônica. O livro “Biostress – Novos Caminhos para o Equilíbrio e a Saúde”, do Dr. Cyro Masci, diz que 10 a cada 100 pessoas estão passando pela síndrome do cansaço prolongado, por exemplo.

Nesses casos onde existe uma alteração biometabólica o descanso não é o suficiente. “Uma simples anemia, por exemplo, problemas na tireoide, diabetes e algumas doenças do coração podem produzir tais reações orgânicas. É preciso ter certeza de que não há uma doença quietinha lá dentro roubando sua energia”, explica o autor no site Catraca Livre.

Como ter mais disposição? Cuidando da alimentação

Talvez você ainda não tenha ouvido a expressão “fome oculta”. Mas preste atenção nela. A cada dia mais os nutrólogos atendem pessoas que se dizem bem alimentadas, com sobrepeso até, mas cujas células estão desnutridas.

Isso acontece pela drástica mudança alimentar que estamos nos submetendo. Trocando os alimentos in natura pelos alimentos processados. Dessa forma, os nutrientes essenciais, como vitaminas, minerais, ácidos graxos, e todas as ordens do seu processamento pelo nosso sistema digestivo, deixam de atender as necessidades de nosso organismo.

Os vilões são hoje a farinha branca, açúcar refinado e leite de caixinha. O aumento de pessoas com intolerância ao glúten e à lactose são indicadores de como ter mais disposição, uma vez que abdicando desses alimentos você passa a consumir outras fontes de energia.

Leia mais: 7 Motivos para ter uma máquina de café para escritório da Supremo Arábica

Como ter mais disposição? Cuidando do Cérebro

A medicina garante que o cérebro é o órgão que mais consome energia. “O cérebro humano representa aproximadamente 2% do peso corporal e consome 20% do oxigênio e glicose do organismo” explica o professor Javier DeFelipe do Conselho Superior de Pesquisas Científicas (CSIC) ao jornal El País.

Assim, cuidar do cérebro é fonte de como ter mais disposição. Para isso:

– Nutrição adequada;

– Boas horas de sono;

– E atividades relaxantes.

Organize o seu tempo

Para aliviar tanto a carga mental, como tarefas a desempenhar ao longo do dia e compromissos particulares que não pode esquecer, uma dica de como ter mais disposição é organizar-se melhor.

Faça uso de agendas ou aplicativos, mas anote o que precisa fazer ao longo do dia e da semana. Inclua as refeições e as pausas para tomar água e um golinho de café para dar uma animada. Ideal que você coma algo de 3 em 3 horas, para que o seu organismo possa melhor aproveitar energeticamente o que consome, sem causar fadiga ou sobrecarga (como aquele sono absurdo depois do almoço).

Cuide do corpo

Caminhar, meditar e fazer alguma aula de dança. Todo mundo sabe o quanto isso é gratificante para o corpo e para mente na busca de como ter mais disposição ao longo da semana. Sem contar a melhora na qualidade de vida.

Contudo se a sua desculpa era o tempo, repense. O Instituto Nacional de Pesquisa em Saúde de Taiwan revelou que praticar 15 minutos de exercícios físicos diários reduz em 14% o risco de morte e aumenta a expectativa de vida em até três anos.

Isso quer dizer que caminhar até o próximo ponto para pegar a condução já ajuda. Da mesma forma que optar em ir pela escada, ao invés do elevador, quando estiver voltando para casa pós-expediente você estará ganhando saúde sem perder tempo.

O sono também é importante

O tempo que cada pessoa precisa dormir é relativo, já que cada organismo é único. Procure respeitar o que o seu corpo pede. Porém para termos uma ideia, um adulto precisa descansar entre 6 até 8 horas e crianças de 9 até 11 horas de sono.

É que durante esse tempo o corpo trabalhará em operações de reparo e desenvolvimento. Como processar as informações absorvidas ao longo do dia, fortalecer o sistema imunológico e amadurecimento ou reparo do sistema nervoso central. Além do descanso da musculatura e ossos.

Assim, ainda que pareça, o corpo não está descansando totalmente. Por isso, algumas pessoas têm dificuldades em dormir, como excesso de pensamentos ou dores musculares. Isso afeta diretamente na qualidade de vida e em como ter mais disposição para enfrentar as questões do dia a dia.

Uma dica é tomar café pela manhã e ao longo da tarde, mas evitar qualquer bebida que tenha cafeína à noite.  Também procure evitar exercícios aeróbicos poucas horas antes de ir para cama, preferindo aqueles de alongamento ou relaxamento para facilitar o entendimento corporal e cerebral.